Decore O Quarto Com Até R$ trezentos

24 Feb 2019 08:49
Tags

Back to list of posts

<h1>Reformar Casas Gastando Pouco, Informa&ccedil;&otilde;es</h1>

<p>Voc&ecirc; est&aacute; insatisfeito com a apar&ecirc;ncia do teu quarto, o piso da cozinha n&atilde;o te agrada como antes e o espa&ccedil;o do im&oacute;vel n&atilde;o comporta mais a sua fam&iacute;lia? Deste jeito chegou a hora de reformar tua moradia. Pra realizar as mudan&ccedil;as devidas &eacute; necess&aacute;rio dinheiro, j&aacute; que os equipamentos, m&atilde;o de obra e artigos e decora&ccedil;&atilde;o demandam um gasto que n&atilde;o &eacute; sempre que &eacute; apropriado para o seu bolso. Pra te proteger a economizar pela reforma, separamos algumas dicas. Apartamento Menor: Reforma Cria Espa&ccedil;o Pra Closet E Banheira /p&gt;
</p>
<p>Reformas realizadas de um dia pro outro normalmente n&atilde;o d&atilde;o direito. Voc&ecirc; decidiu modificar a tua resid&ecirc;ncia? Cinquenta e seis Modelos De Geladeira Adesivada + Passo A Passo Como Adesivar fa&ccedil;a um planejamento. Pesquise os pre&ccedil;os dos itens que vai precisar, junte com o gasto da m&atilde;o de obra e encontre se o dinheiro que tem vai dar pra arcar com esses custos. Quando se come&ccedil;a uma reforma sem planejamento o dinheiro acaba antes da obra e a toda a hora fica algo por fazer.</p>

<p>Desse modo, reserve dinheiro, e guarde a toda a hora uma quantia 10% superior do que o seu planejamento exigiu, pra conquistar arcar com custos eventuais. Antes de contratar um pedreiro, pintor e arquiteto, pesquise o pre&ccedil;o. O mesmo vale para o objeto de constru&ccedil;&atilde;o. Al&eacute;m de conduzir em considera&ccedil;&atilde;o o valor dos itens, olhe assim como a durabilidade e a economia a m&eacute;dio e extenso prazo.</p>

<p>&Agrave;s vezes o que &eacute; mais em conta nesta ocasi&atilde;o quebra mais r&aacute;pido, gerando uma manuten&ccedil;&atilde;o mais cara. O mesmo vale pros servi&ccedil;os. Contrate profissionais recomendados por outros consumidores, que n&atilde;o tem hist&oacute;rico de atraso na entrega. Para gastar pouco, pesquise muito. O oponente oculto da reforma &eacute; o desperd&iacute;cio. O equipamento pode ser perdido no transporte ou pela hora que os pedreiros, pintores e al&eacute;m da conta funcion&aacute;rios envolvido no projeto forem utiliz&aacute;-los. Bem como &eacute; comum que o dono do im&oacute;vel precise comprar tudo novo, achando que vai melhorar a peculiaridade. Isto n&atilde;o &eacute; sempre que &eacute; verdade. Procure reaproveitar tudo que der. Vasos sanit&aacute;rios, pias, torneiras, pisos e azulejos podem ser reutilizados. E n&atilde;o se esque&ccedil;a de permanecer de olho no desperd&iacute;cio.</p>

<p>Portas de correr em freij&oacute; separam a ala de uso comum da &aacute;rea externa onde est&atilde;o o pilar estrutural e o espelho d'&aacute;gua com cascata vinda da g&aacute;rgula do terra&ccedil;o. N&atilde;o &eacute; sempre que a constitui&ccedil;&atilde;o de um recinto em cores e tons escuros resultar&aacute; em um espa&ccedil;o cansativo ou opressivo. Os matizes fechados podem tornar-se aliados para uma ambienta&ccedil;&atilde;o aconchegante e moderna, s&oacute; &eacute; preciso assegurar a aplica&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>No projeto do arquiteto Diego Revollo, tendo como exemplo, o preto &eacute; usado pela suporte do mezanino, no piso e nos m&oacute;veis da cozinha pra montar contraste. O arquiteto Toninho Noronha recobriu as paredes de seu espa&ccedil;o pela Casa Cor S&atilde;o Paulo com papel texturizado em cor grafite. A cor escura que destacou os m&oacute;veis, acess&oacute;rios, quadros e at&eacute; a cortina, mais claros e/ou vibrantes. Raquel Pede Ao Supremo Que Barre Pedido de soltura De Lula ousou ao recobrir com preto e grafite todo o living de teu espa&ccedil;o pela Moradia Cor S&atilde;o Paulo, com o objetivo de montar uma apoio que destacasse os m&oacute;veis brancos. Note a parede, ao fundo, revestida de m&aacute;rmore Gris Armani que oferece sofistica&ccedil;&atilde;o ao c&ocirc;modo.</p>

<ul>

RRF_RK_050516_077.jpg

<li>Abuse do espa&ccedil;o das paredes</li>

<li>Peda&ccedil;os de pl&aacute;stico (bast&atilde;o)</li>

<li>Ananda says</li>

<li>(Paulo Santos/Minha Moradia)</li>

<li>Paneleiro com 6 portas</li>

<li>R7 M&oacute;vel</li>

</ul>

<p>O living integrado ao home theater, planejado pelo escrit&oacute;rio D2N Arquitetura e Interiores, mescla cores s&oacute;brias &agrave;s contempor&acirc;neas, como as nuan&ccedil;as de cinza ao azul mais claro. O Im&oacute;vel Foi Entregue, Mas N&atilde;o Tem Dinheiro Pra Mobiliar? projeto do arquiteto Maur&iacute;cio Arruda, o mapa do Brasil (&agrave; esq.) obteve destaque gra&ccedil;as &agrave; moldura preta. No living, a mesa-bandeja lateral (&agrave; esq.) &eacute; met&aacute;lica (L'oeil) e a &quot;recamier&quot;, do acervo do morador, ganhou novo revestimento, com tecido do Armaz&eacute;m Paludetto. A lumin&aacute;ria de madeira (bem como, &agrave; esquerda) pertence ao Studio Nada Se Leva.</p>

<p>A dona da resid&ecirc;ncia &eacute; desenhista e suas gravuras decoram n&atilde;o apenas a galeria (corredor) de entrada, mas bem como teu espa&ccedil;o social integrado, com cozinha, jantar e estar. Uma paleta de cor neutra predomina pela moradia do meio-campista Oscar, em Americana (SP), com o complemento de elementos coloridos e estampados. 27 Incr&iacute;veis Ideias Por voc&ecirc; Fazer A Tua ref&uacute;gio r&uacute;stico foi pensado dentro de um cont&ecirc;iner na arquiteta Cristina Menezes. Todo revestido por r&eacute;guas de ip&ecirc;, o interior ficou mais quente e ganhou textura, ressaltada pela ilumina&ccedil;&atilde;o embutida no forro.</p>

<p>Jo&atilde;o Armentano, est&aacute; instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. Jo&atilde;o Armentano, est&aacute; instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. No interior, a decora&ccedil;&atilde;o &eacute; pautada em poucos elementos. O living, com dimens&otilde;es bem reduzidas, foi totalmente revestido por cimento queimado com apar&ecirc;ncia de concreto, a encerramento de formar uma base neutra para a decora&ccedil;&atilde;o. O sof&aacute; em &quot;L&quot;, da Gallery, obteve tecido cinza em contraste com o tapete roxo, da Phenicia Concept. Destaque para o quadro com imagem feita por Adriana Duque, da Galeria Zipper, e pra cadeira de papel&atilde;o desenhada por Frank Gehry, para a Vitra, acess&iacute;vel na Micasa.</p>

<p>Apesar da &aacute;rea reduzida, a insist&ecirc;ncia dos m&oacute;veis perto &agrave;s paredes facilitou a circula&ccedil;&atilde;o pelo living. O sof&aacute; em &quot;L&quot; &eacute; seguido pela mesa que apoia a lumin&aacute;ria de papel reciclado Trash Me, do designer Victor Vetterlein (em primeiro plano). Por este living, a arquiteta Adriana Bijarra Cuoco optou pelos contrastes sutis, mesclando tons pastel de rosa, pela cortina, e cinza, no sof&aacute;, ao branco das poltronas e &agrave; madeira.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License